Home / Noticias / “A coreia do Norte exige ação global”, diz Trump em Seul

“A coreia do Norte exige ação global”, diz Trump em Seul

Em sua visita à Coreia do Sul, o presidente norte-americano pede que Pyongyang volte “à mesa de negociações” e, ao mesmo tempo, afirma que os estados UNIDOS estão prontos para usar toda a sua capacidade militar, se necessário.A coreia do Norte representa uma “ameaça global que requer ação global”, disse o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em visita à Coreia do Sul nesta terça-feira (07/11).

mais informações

  • Trump alerta Coreia do Norte sobre o poder militar dos estados UNIDOS, mas também usa o tom conciliador

  • Trump pede ação mundial contra a ameaça nuclear da Coreia do Norte

  • Estados UNIDOS demonstram a força antes da visita de Trump para a Ásia

  • O Presidente da coreia do sul diz não reconhecer Coreia do Norte como um Estado nuclear

  • Pyongyang diz que a guerra nuclear é possível a qualquer hora

“Apelamos a todas as nações responsáveis, incluindo China e Rússia, a exigir que o regime da coreia do norte encerre o seu programa de armas e mísseis nucleares”, disse o líder americano.

Leia também: Coreia do Norte e o comércio no centro do curso de Trump para a Ásia

Trump adotou uma postura mais diplomática do que de costume, pedindo que o regime do líder norte-coreano Kim Jong-un, “faça a coisa certa” e volte à mesa de negociações para chegar a um acordo que seja bom para as pessoas da Coreia do Norte e de todo o mundo”.

“Estamos alcançando grandes progressos”, afirmou ao lado do presidente da coreia do sul, Moon Jae-in.

Ao mesmo tempo, o presidente norte-americano, advertiu que os estados UNIDOS estão prontos para usar toda a sua capacidade militar para impedir que a Coreia do Norte se torne uma potência nuclear. “Esperamos, por Deus, que nunca tenhamos que fazê-lo”, disse.

Coreia do Sul estendeu o tapete vermelho para Trump em busca de garantias em relação à aliança com os estados UNIDOS. Mas enquanto Trump ameaçou usar “o fogo e a fúria” contra a Coreia do Norte, o sul-coreano, consciente de que os mísseis do vizinho têm a capacidade de chegar a Seul, vem pregando a diplomacia.

“Não deve haver nenhuma ação militar na Península, sem o nosso consentimento prévio”, afirmou, em um discurso ao Parlamento da coreia do sul na semana passada.

O líder norte-americano comprometeu-se a trabalhar com o “bom cavaleiro” da coreia do sul, apesar das diferenças em relação à Coreia do Norte. “No final, tudo vai sair bem”, disse o americano. “Sempre sai bem. Tem que sair bem.”

“Os verdadeiros amigos”

Moon, por sua vez, teceu vários elogios a Washington. “Dizem que nós sabemos quem são os verdadeiros amigos nos tempos de dificuldades”, afirmou. “Os estados UNIDOS são verdadeiros amigos, que estiveram com a gente e sangraram com a gente quando precisamos deles”.

“Estamos de acordo em trabalhar para resolver a questão nuclear da Coreia do Norte, de modo pacífico e trazer a paz na Península coreana”, disse Moon. “Estamos dispostos a oferecer um futuro próspero para a Coreia do Norte”, ressaltou.

Coreia do norte reagiu à presença de Trump na península por meio do jornal oficial Rodong Sinmun, acusando o norte-americano de ser um “criminoso nuclear” e condenando suas “declarações loucas”.

A coreia do Sul é a segunda parada de Trump em sua visita à Ásia, depois de passar pelo Japão, onde ele e o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, demonstraram que a unidade em relação à estratégia para responder às ameaças da Coreia do Norte.

Passou dias tranquilos na companhia de Abe, a quem qualificou de “maravilhoso” depois de jogarem juntos uma partida de golfe, e disse que os laços do país com Tóquio são “verdadeiramente extraordinário”.

RC/dpa/afp

___________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Deutsche Welle
A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.

compartilhe

comente

  • comentários

Sobre

Veja também

Caíque agradece apoio do elenco e revela mensagem de Cássio

Caíque agradece o apoio do elenco e revela a mensagem de Cássio

O goleiro Caíque França deixou o gramado aclamado pela torcida corintiana presente na vitória do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *